Comitê: membros

MEMBROS DO COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO DA PESQUISA NACIONAL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA ASSISTIVA

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação: Secretário da SECIS

Oswaldo Baptista Duarte Filho

Secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI. Possui graduação em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (1974), mestrado em Engenharia Química pela Universidade de São Paulo (1982) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade de São Paulo (1995). Atualmente é aposentado como Professor Associado da Universidade Federal de São Carlos. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química. Tem experiência em administração pública, particularmente na administração universitária e municipal. Foi vice-reitor da UFSCar de 1996 a 2000 e reitor por dois mandatos de 2000 a 2008. Foi presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (2006-2007). Prefeito da cidade de São Carlos de 2009 a 2012 e Vice-presidente para assuntos de ciência e Tecnologia da Frente Nacional de Prefeitos.

Miguel Angel Verdugo Alonso (Espanha)

Professor e diretor do Instituto de Pesquisa sobre Integração Comunitária (Inico), Universidade de Salamanca, na Espanha. Diretor do Escritório de Informações sobre Deficiência (SID) do Ministério da Saúde, Política Social e Igualdade, Junta de Castilla y León e da Universidade de Salamanca. Diretor do “Mestrado em Integração das Pessoas com Deficiência. Qualidade de vida desde 1990 e também diretor do Programa Latino-Americano de este grau desde 1993. Ele é o editor da revista científica “Siglo Cero”, “Revista Española sobre discapacidad Intelectual”. Publicou mais de 70 livros e mais de 300 artigos em revistas científicas. Recebeu inúmeros prêmios e reconhecimentos, como o Prêmio Fundação intraterrenas 2013; “Honoris Causa” pela Universidade ISALUD (Buenos Aires, Argentina); Infanta Cristina de 2010; 1 º Prémio de Investigação Social Caixa Madri 2008; 2005 Prémio Internacional e Prêmio de Serviço Especial de 2009 do Associação Americana de Deficiência Intelectual e Desenvolvimento. Desde 2006 colabora com as atividades em tecnologia assistiva em parceria entre MCTI/SECIS e ITS BRASIL, e foi coordenador do curso de emprego apoiado, realizado em São Paulo em fevereiro de 2011, realizada por meio de uma parceria entre o ITS BRASIL e A Inico.

Cristina Rodríguez-Porrero Miret (Espanha)

Diretora do Centro Estatal de Autonomia Pessoal e Ajudas Técnicas, do Ministério de Saúde, Política Social e Igualdade. Cristina Rodríguez destaca-se como coordenadora de numerosas atividades de políticas públicas de tecnologia assistiva na Espanha, não apenas do Ministério ao que pertence, mas em projetos realizados conjuntamente por vários ministérios. Coordenadora do primeiro Catálogo de Produtos de Tecnologia Assistiva, em formato impresso e em internet, sendo referência europeia. Representante espanhola da no Consórcio Europeu EASTIN (European Assistive Technology Information Network). O EASTIN é a rede europeia de informação sobre produtos de tecnologia assistiva. Trata-se do mais completo serviço de informações web no setor. Desde 2006, colabora com os projetos do TA da política do MCTI, na elaboração do Memorando de Entendimento entre o Ministério da Ciência e Tecnologia da República Federativa do Brasil e o Ministério da Saúde e Política Social do Reino da Espanha, no  desenho do Centro Nacional de Referênciadesenho do Centro Nacional de Referência em TA, e na transferência de tecnologia para  o Catálogo de Produtos de Tecnologia Assistiva.

Renzo Andrich (Itália)

Presidente e fundador da Rede Europeia de Informação de Tecnologia Assistiva (EASTIN).Coordenador do Programa de Pesquisa em Tecnologia Assistiva do Pólo Tecnológico da Fundação Don Carlo Gnocchi em Milão, Itália.Chefe da Equipa Editorial da SIVA Portal (Portal do cidadão italiano no Portal de Tecnologia Assistiva). Diretor (de 1999 a 2012) dos Cursos de Pós-graduação de Tecnologia Assistiva da Universidade Católica em Milão e em Roma.Presidente (2002-2003) da AAATE (Associação para o Avanço da Tecnologia Assistiva na Europa). Líder do projeto de vários programas de pesquisa sobre Tecnologia Assistiva financiado pela União Europeia. Parceria entre ITS Brasil e Fundação Don Carlo Gnocchi para o programa de Pós-graduação em Tecnologia Assistiva para a Autonomia das Pessoas com Deficiência e Idosos

Petra Winkelmann (Alemanha)

Coordenadora de projetos do REHADAT – Sistema informático para la rehabilitación profesional. REHADAT é um sistema de informação de apoio à integração profissional das pessoas com deficiência, financiado pelo Ministério Federal do Trabalho e Assuntos Sociais ‘Bundesministerium für Arbeit und Soziales’ (‘Bundesministerium für Arbeit und Soziales’) e foi instituído pelo Instituto de Pesquisas Econômica de Colônia (Institut der deutschen Wirtschaft Köln).

Joseph p. Lane, (EEUU)

Diretor do Centro de Tecnologia Assistiva (www.cat.buffalo.edu), Escola de Saúde Pública e Profissões de Saúde, na Universidade de Buffalo (SUNY – EUA). CAT foi fundada em 1988 como uma entidade multi-disciplinar a realização de programas de pesquisa, treinamento e serviço de tecnologia assistiva para pessoas com deficiência. Concentra-se em envolver setores da indústria do governo, acadêmicos e na geração deliberada e sistemática de inovações de base tecnológica com impactos sócio-econômicos positivos, através dos processos relacionados de tradução do conhecimento (KT) de descobertas científicas, a transferência de tecnologia (TT operações) das invenções de engenharia e comercial (CT) para inovações industriais. As estratégias combinadas de pressão de alimentação investigador, puxar a demanda do mercado e colaboração corporativa ter intermediado o lançamento de mais de cinqüenta novos produtos, promovendo ao mesmo tempo a compreensão dos mecanismos subjacentes através de várias dezenas de artigos peer-reviewed e centenas de apresentações em conferências (www.kt4tt.buffalo. edu).

Jutta Treviranus (Canadá)

Diretora do INCLUSIVE DESIGN RESEARCH CENTER – IDRC (Centro de Pesquisa de Desenho Universal/Inclusivo) Jutta Treviranus é Diretora do IDRC e professora da Universidade de Toronto OCAD http://inclusivedesign.ca O IDRC realiza pesquisas pró-ativa e desenvolvimento no design inclusivo da emergente tecnologia da informação e comunicação e práticas. Jutta também preside a Inclusive Design Institute um centro multi-universidade regional de especialização em design inclusivo. Participou do I Seminário Internacional de Emprego Apoiado no Brasil

Irma Rosseto Passoni (Brasil)

Fundadora e Gerente Executiva do ITS Brasil. Pedagoga, Professora e Supervisora de Treinamento Pessoal; Parlamentar Federal e Estadual por 16 anos e Deputada Constituinte da atual Constituição Brasileira. Relatora da CPMI: Causas e Dimensões do Atraso Científico e Tecnológico Brasileiro 1992 Coordenadora Executiva de numerosos projetos de tecnologia social. Em tecnologia assistiva, coordenadora executiva dos Projetos: Curso de Pós-graduação Lato Sensu: Co-Coordenação do Curso de Pós-Graduação lato Sensu Tecnologia Assistiva para Autonomia das Pessoas com Deficiência e Idosas. Programa de Tecnologia Assistiva e Desenvolvimento para a Inclusão Social (2010 – 2012) Diagnóstico Situacional, Formação da Equipe do Programa Osasco Inclui na Metodologia do Emprego Apoiado – Inclusão da Pessoa com Deficiência. Pesquisa Nacional de Tecnologia Assistiva (2007-2008) Oficinas de geração de trabalho e renda para pessoas com deficiência: Reciclagem, informática e cozinha experimental (Convênio FINEP 01.07.0009.00) Pesquisa Nacional de Tecnologia Assistiva (2005-2006)

Victor Pellegrini Mammana (Brasil)

Diretor do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer. Victor Mammana é fisico, graduado pela Universidade de São Paulo, com mestrado e doutorado pela mesma instituição, com trabalho de tese realizado no Lawrence Berkeley Laboratory. Desde 2004 é servidor do CTI, onde exercia o cargo de chefe da Divisão de Mostradores de Informação, atuando na gestão de várias atividades, incluindo pesquisas na área de displays de emissão de campo, displays flexíveis, células solares, preparação de roadmaps, ergonomia e educação. Dentre os destaques de sua carreira, vale ressaltar a coordenação do grupo de avaliação para implantação do projeto OLPC no Brasil e do projeto UCA (Um computador por aluno). É atualmente responsável pelo desenvolvimento do dispositivo de Tablet do Projeto da Carteira Digital de Serrana, bem como pela coordenação das atividades de avaliação ergonômica da mesma. Foi escolhido gerente do Sub-Programa 3, para Displays, da Política de Desenvolvimento Produtivo do Governo Federal. É autor de diversos artigos científicos e patentes. Recebeu distinção da Society for Information Display em congresso no Japão, no ano de 2001. É membro do Latin American Chapter of the Society for Information Display desde 2005, sendo um de seus fundadores.

Jesus Carlos Delgado Garcia (Brasil)

Coordenador da Pesquisa Nacional de Tecnologia Assistiva. Possui doutorado em Ciências Sociais: Política, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003); mestrado em Ciências Sociais: Sociologia Política, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1994); graduação em Teologia pela Faculdade de Teologia São Vicente Ferrer, Valencia, Espanha (1978). Atualmente é gestor de projetos do Instituto de Tecnologia Social, professor do Centro Universitário de Santo André e professor do Centro Universitário Fundação Santo André. Coordenado do Curso de Pósgradução Lato Sensu: Co-Coordenação do Curso de Pós-Graduação lato sensu Tecnologia Assistiva para Autonomia das Pessoas com Deficiência e Idosas. Projeto: Apoio a Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologia Assistiva (Projeto CNPq 550974/2011-3) (2011-2013) Programa de Tecnologia Assistiva e Desenvolvimento para a Inclusão Social (2010 – 2012) Diagnóstico Situacional, Formação da Equipe do Programa Osasco Inclui na Metodologia do Emprego Apoiado – Inclusão da Pessoa com Deficiência Projeto Centro Nacional de Tecnologia Assistiva: Estudos e pesquisas para elaboração de proposta de implantação (Projeto CNPq 48.6257/2007-0) Pesquisa Nacional de Tecnologia Assistiva (2007-2008) Oficinas de geração de trabalho e renda para pessoas com deficiência: Reciclagem, informática e cozinha experimental (Convênio FINEP 01.07.0009.00)Pesquisa Nacional de Tecnologia Assistiva (2005-2006)

Teófilo Galvão Filho (Brasil)

Membro do Comitê de Ajudas Técnicas. Mestre e Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Especialista em Informática na Educação pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e Graduado em engenharia pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel). É professor credenciado do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (PPGE/FACED/UFBA) e pesquisador do grupo de pesquisa cadastrado no CNPq;Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais; (GEINE/PPGE/UFBA). Atualmente realiza o Pós-Doutorado na Universidade Federal da Bahia com o apoio da CAPES (Programa Nacional de Pós-Doutorado – PNPD/CAPES), desenvolvendo o projeto intitulado; Tecnologia Assistiva: favorecendo pesquisas e práticas pedagógicas inclusivas;, e compondo a equipe do NAPE – Núcleo de Apoio ao Aluno com Necessidades Educacionais Especiais da UFBA. Tem atuado como consultor nas áreas de Tecnologia Assistiva, Educação Inclusiva e Políticas de Inclusão Social. É membro do Comitê de Ajudas Técnicas da Presidência da República (Secretaria de Direitos Humanos, SDH/PR). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Inclusiva e Tecnologia, trabalhando principalmente com os seguintes temas: educação inclusiva, informática na educação, tecnologia assistiva / ajudas técnicas e telemática na educação. O Professor Teófilo Galvão Filho tem colaborado em diferentes projetos de TA com o Instituto de Tecnologia Social

Marcos Pinotti Barbosa (Brasil)

Possui graduação em ENGENHARIA MECANICA pela Universidade Estadual de Campinas (1989), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (1992) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Em 2010, participou, a convite da Eisenhower Fellowship (Estados Unidos) do Programa Multination 2010, que permitiu estreitar relações com agências do governo norte-americano e as principais universidades sobre o tema de inovação, Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais. Coordena dois laboratórios de pesquisa, o Laboratório de Bioengenharia (Lab-Bio) que se dedica a Engenharia Cardiovascular, Biofotônica, Tecnologia Assistiva e Biomecânica; e o Laboratório de Pesquisa Aplicada a Neurovisão (LAPAN, em parceria com o Hospital de Olhos – Clínica Dr. Ricardo Guimarães) que se dedica a neurociêncais, visão neural, processos de cognição e tecnologia da informação aplicada a neurociências. Participação do Comitê de Ajudas Técnicas da Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (CORDE), Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Presidência da República. Nomeação pela Portaria n.142 de 16 de Novembro de 2006 (DOU, n.220, de 17 de novembro de 2006- seção 2 – Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s