Tecnologia apoia pessoas com deficiência visual

Finalistas do Prêmio Laureate Brasil Jovens Empreendedores Sociais, que acontece na Unifacs, em Salvador, são os 12 selecionados do país, que receberão capacitação em negócios para garantir a sustentabilidade dos projetos
O Projeto AnnuitWalk (PAW) teve seu inicio em 2013 ao observar as dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiências durante sua locomoção. O trabalho é resultado de pesquisa de campo realizada por Marcos Antônio Oliveira da Penha, de 27 anos, com deficientes visuais durante todo o ano de 2014. Tratando dos principais problemas dessa população, que no Brasil já somam mais de 6.7 milhões, o PAW oferece um conjunto de soluções tecnológicas que exploram, ao máximo, conceitos modernos da Internet das Coisas (IOT) e Inteligência Computacional para criação de Tecnologias Assistivas (TA) mais inteligentes.
Os óculos inteligentes desenvolvidos por Marcos Antônio contam com sensores de ultrassom e são capazes de detectar obstáculos à frente do deficiente visual e alertá-los por meio de acessórios vibratórios, como pulseiras e solas de sapatos, para que possam desviar e, assim, evitar acidentes. O PAW ainda conta com aplicativos mobile e wearables, que podem funcionar de forma integrada com os óculos através de conexão Bluetooth. Por meio destes é possível fornecer funcionalidades: de geolocalização (GPS); processamento de dados ubíquos sobre os obstáculos no decorrer do trajeto do indivíduo, que logo são usados para recomendação de rotas, guiando o deficiente visual até o destino desejado, pelo caminho mais acessível; e sistema de Smart Cities, que contribui com Big Datas governamentais e aponta locais críticos geo-referenciados em mapa online para tomada de decisões quanto à priorização de reparos públicos nas áreas mais afetadas, promovendo a acessibilidade, inclusão social e qualidade de vida dessa população. 
Outro jovem motivado a trazer soluções para deficientes visuais e que teve seu projeto escolhido como finalista da edição 2015 do Prêmio Laureate Brasil Jovens Empreendedores Sociais é Philippe Magno, de 25 anos. Também morador de Recife, o jovem criou a Plataforma Integrada HandsFree, produto inovador, de baixo custo e alta eficiência, que auxilia a inclusão social e digital de deficientes físicos. Desenvolvida pelo Instituto HandsFree Tecnologias Assistivas, o produto é voltado para Tecnologia Assistiva, possibilitando por meio de tecnologias open source, softwares e hardwares, a automação residencial, controle do computador por meio do movimento da cabeça ou comando de voz e plataforma de ensino a distância. O produto é entregue sem custo para o deficiente e prevê o resgate da sua autoestima, promovendo sua autonomia social e financeira.
Marcos e Phillippe estão entre os 12 jovens finalistas do Prêmio Laureate Brasil Jovens Empreendedores Sociais, com idades entre 18 e 29 anos, que passarão uma semana na Universidade Salvador (Unifacs), em Salvador, para receberem a capacitação oferecida pela Laureate Brasil para os finalistas da premiação. Escolhidos dentre um universo de mais de 98 projetos inscritos, antes mesmo da cerimônia, cada um deles também foi contemplado com um curso online de capacitação em negócios sociais que os ajudará a desenvolver suas iniciativas sustentavelmente.
Além disso, os 12 jovens também serão integrados ao Programa Global Fellows, uma iniciativa da Sylvan / Laureate Foundation e do programa YouthActionNet®. Criado em 2001 pela International Youth Foundation, o YouthActionNet® hoje congrega uma comunidade com 1.338 jovens em  90 países, promovendo impactos positivos na vida de mais de 3,9 milhões de pessoas.
A criação do Prêmio Laureate Brasil integra quatro programas de instituições da rede em um reconhecimento nacional desses empreendedores: o Programa I am – Iniciativa Jovem Anhembi Morumbi, criado pela Universidade Anhembi Morumbi na região Sudeste; o Programa Iniciativa Jovem UnP, desenvolvido pela Universidade Potiguar no Nordeste; o Programa Jovem Empreendedor UniNorte, do Centro Universitário do Norte (UniNorte), que estimula iniciativas da região Norte, e seu mais novo integrante, o Prêmio JoinUs – Jovem Iniciativa UNIFACS, da Universidade Salvador (Unifacs), que atende aos estados da Bahia e Sergipe). Cada um desses programas articula ações e apoios regionais para as iniciativas locais, por meio da estrutura acadêmica das instituições.
“O projeto merece destaque por ter como pilares básicos a concessão de instrumentos para que esses jovens se capacitem, tornando seus projetos sustentáveis, dando a visibilidade e o apoio necessário para a captação de novas parcerias e patrocínios”, afirma o CEO da Laureate Brasil, José Roberto Loureiro.
Desde a primeira edição do Prêmio Laureate Brasil, em 2008, foram registradas 679 inscrições de jovens empreendedores sociais. Deste montante foram selecionados e premiados 122 jovens que, em conjunto, receberam 1.120 horas de capacitação em empreendedorismo social com o proposito de alavancar os benefícios gerados pelas respectivas ações em 29 cidades, impactando positivamente 117.886 mil pessoas.
Sobre a Laureate Brasil
A Laureate Brasil, integrante da rede global líder em ensino superior Laureate International Universities, é formada por 12 instituições de ensino superior que possuem mais de 50 campi em oito estados brasileiros. Fazem parte da rede Laureate Brasil: BSP – Business School São Paulo; CEDEPE Business School; Complexo Educacional FMU; Centro Universitário do Norte (UniNorte); Centro Universitário IBMR; Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter); Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS); Faculdade dos Guararapes (FG); Faculdade Internacional da Paraíba (FPB); Universidade Anhembi Morumbi; Universidade Potiguar (UnP); e Universidade Salvador (UNIFACS).
Sobre a Laureate International Universities
Líder global no segmento de educação superior, a Laureate International Universities é formada por mais de 80 instituições de ensino em 29 países na América do Norte, América Latina, Europa, Ásia, África e Oriente Médio. Mais de 950 mil estudantes fazem parte de sua comunidade acadêmica. As instituições da Laureate oferecem cursos de graduação, mestrado e programas de doutorado em áreas como arquitetura, administração, engenharia, hospitalidade, direito e medicina. A rede Laureate, que tem Bill Clinton, 42º presidente dos Estados Unidos e fundador da Clinton Foundation como Chanceler Honorário, comemora este ano seu 15º aniversário.
Para saber mais, visite o site http://www.laureate.net

Anúncios

Um pensamento sobre “Tecnologia apoia pessoas com deficiência visual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s