Casal cria parque adaptado para crianças com deficiência

Deficiência nenhuma pode ser motivo para os pequenos deixarem de se divertir e aprender. Este é o lema de Rudi Fischer, o fundador do primeiro parque adaptado de São Paulo.

“Ver o Quim brincando e aprendendo é muito gratificante. Cada coisa que ele faz tem um significado enorme para mim”, Viviane diz.
Brincar é muito mais que um passatempo ou uma maneira de distrair a criança enquanto os adultos resolvem assuntos de adultos. Brincar ajuda os pequenos a conhecer o mundo, os próprios limites e até a resolver conflitos – quem na infância nunca teve que pedir desculpas a um amigo depois daquela bolada mais forte durante a queimada? Enfim, é uma das melhores formas de se preparar para a vida de gente grande que todos enfrentamos um dia.
É por isso que está lá no Estatuto da Criança e do Adolescente: toda criança tem o direito de brincar – e isso, claro, inclui os quase 30 milhões que têm algum tipo de deficiência no Brasil.
Pensando nessa turminha enorme, um executivo de São Paulo resolveu criar na cidade o primeiro parque adaptado para crianças especiais. A linda iniciativa foi uma maneira que Rudi Fischer e a mulher, Claudia Fischer, encontraram para lidar com a dor de perder a filha, Ana Laura, de 3 anos num acidente de carro.
O espaço do projeto, que recebeu o nome Anna Laura Parques para Todos, foi construído na unidade da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) do bairro da Mooca, conta com 15 brinquedos, entre escorregadores adaptados e balanços que acomodam cadeira de rodas. E o melhor: a proposta logo deve chegar a outras cidades (acompanhe as novidades no site annalaura.org.br). “Espaços como esse proporcionam novas experiências às crianças especiais e nos dão a possibilidade de vê-las sorrindo. Isso compensa qualquer tristeza”, afirma Fischer.
Saiba como são alguns brinquedos do parque adaptado:
· Espelho vermelho: permite que uma criança que não possa virar o pescoço e olhar para os lados consiga se enxergar de todos os ângulos.
· Cama elástica: até as que não conseguem ficar em pé podem brincar. Melhora a flexibilidade dos pequenos.
· Trepa-trepa: fortalece os músculos dos braços, ótimo para crianças que usam cadeira de rodas.

Anúncios

Um pensamento sobre “Casal cria parque adaptado para crianças com deficiência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s